top of page

Concurso SEE MG: aumentou o número de vagas!

Atualizado: 15 de fev. de 2023


O número de vagas para o próximo concurso da SEE MG aumentou. Agora, a nova previsão é de que 20.008 vagas sejam ofertadas.


De acordo com informações, a Secretaria de Educação pretende publicar o edital no primeiro semestre de 2023.


A Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão – Seplag (MG) publicou termo de referência (um dos últimos passos antes da escolha da banca organizadora).


Veja todos os detalhes deste concurso:

Situação atual


A Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE-MG) ampliou o número de vagas para o próximo concurso de 19.871 para 20.008 vagas efetivas, ou seja, um aumento de 137 vagas!


A SEE não informou o motivo para o aumento das vagas.


Segundo o Governo mineiro, o pregão eletrônico para contratação da banca organizadora será realizado até o final de janeiro.


A Banca Fumarc foi a organizadora contratada para realizar o último concurso SEE MG, ocorrido há 6 anos.


Remuneração


Cargo

Áreas/ Escolaridade

Nº de vagas

Carga horária

Vencimento básico

​Professor de Educação Básica (PEB)

Língua Portuguesa Língua Inglesa Arte Educação Física Matemática Química Física Biologia Ciências História Geografia Filosofia Sociologia Ensino Religioso Pedagogia

13.121

24 horas semanais

R$ 2,350.49

Especialista em Educação Básica (EEB)

Pedagogia

1.656

24 horas semanais

R$ 2,350.49

Analista Educacional - Inspetor Escolar (ANE-IE)

Pedagogia ou Licenciatura

438

40 horas semanais

R$ 5.876,21

Analista Educacional (ANE)

Pedagogia

Direito

Nutrição

Contabilidade

Tecnologia da Informação

407

40 horas semanais

R$ 3.917,48

Analista de Educação Básica (AEB)

Psicologia

Terapia Ocupacional

Fisioterapia

Fonoaudiologia Assistência Social

545

30 horas semanais

R$ 2.938,11

​Técnico da Educação (TDE)

Ensino médio/técnico

311

40 horas semanais

R$ 2.165,25

Assistente Técnico de Educação Básica (ATB)

Ensino médio/técnico

3.393

30 horas semanais

R$ 1.623,94



Atribuição dos cargos


Assistente Técnico de Educação Básica

  • Participando do processo que envolve o planejamento, elaboração, execução e avaliação do plano de desenvolvimento pedagógico e institucional da escola;

  • Organizar e manter atualizados cadastros, arquivos, fichários, livros e outros instrumentos de escrituração da escola, relativos aos registros funcionais dos servidores e à vida escolar dos alunos;

  • Organizar e manter atualizado o sistema de informações legais e regulamentares de interesse da escola;

  • Redigir ofícios, exposições de motivos, atas e outros expedientes;

  • Coletar, apurar, selecionar, registrar e consolidar dados para a elaboração de informações estatísticas;

  • Realizar trabalhos de digitação e mecanografia;

  • Realizar trabalhos de protocolização, preparo, seleção, classificação, registro e arquivamento de documentos e formulários;

  • Atender, orientar e encaminhar o público;

  • Auxiliar na organização, manutenção e atendimento em biblioteca escolar e sala de multimeios;

  • Auxiliar no cuidado e na distribuição de material esportivo, de laboratórios, de oficinas pedagógicas e outros sob sua guarda.

Técnico da Educação

  • Organizar e manter atualizados cadastros, arquivos, fichários, livros e outros instrumentos de escrituração da escola, relativos aos registros funcionais dos servidores e à vida escolar dos alunos;

  • Organizar e manter atualizado o sistema de informações legais e regulamentares de interesse da escola;

  • Redigir ofícios, exposições de motivos, atas e outros expedientes;

  • Coletar, apurar, selecionar, registrar e consolidar dados para elaboração de informações estatísticas;

  • Realizar trabalhos de digitação e mecanografia;

  • Realizar trabalhos de protocolização, preparo, seleção, classificação, registro e arquivamento de documentos e formulários;

  • Auxiliar na organização, manutenção e atendimento em biblioteca escolar e sala de multimeios;

  • Auxiliar no cuidado e na distribuição de material esportivo, de laboratórios, de oficinas pedagógicas e outros sob sua guarda.

Analista Educacional – Inspetor Escolar

  • A Lei não aborda as atribuições deste cargo.

Analista Educacional

  • Elaborar, analisar e avaliar planos, programas e projetos pedagógicos;

  • Coordenar, acompanhar, avaliar e redirecionar a execução de propostas educacionais;

  • Elaborar normas, instruções e orientações para aplicação da legislação relativa a programas e currículos escolares e à administração de pessoal, material, patrimônio e serviços;

  • Elaborar, executar e acompanhar projetos de capacitação de pessoal e treinamentos operacionais nos vários âmbitos de atuação;

  • Proporcionar assistência técnica na elaboração de instrumentos de avaliação do processo educacional;

  • Elaborar programas, provas e material instrucional para o ensino fundamental e médio;

  • Realizar pesquisas e estudos que subsidiem a proposta de políticas, diretrizes e normas educacionais;

  • Participar da elaboração de planejamentos ou propostas anuais de atividades do setor ou órgão em que atua;

  • Elaborar a proposta de reforma, ampliação ou construção da rede física de atendimento e acompanhar a sua execução;

  • Orientação, assistência e controle do processo administrativo das escolas e, na forma do regulamento, do seu processo pedagógico.

Professor de Educação Básica

  • Exercer a docência na educação básica, na educação de jovens e adultos, pela substituição eventual de docente;

  • Participar do processo que envolve planejamento, elaboração, execução, controle e avaliação do projeto político-pedagógico e do plano de desenvolvimento pedagógico e institucional da escola;

  • Participar da elaboração do calendário escolar;

  • Atuar na elaboração e na implementação de projetos educativos;

  • Participar da elaboração e da implementação de projetos e atividades de articulação e integração da escola com as famílias dos educandos e com a comunidade escolar.

Especialista em Educação Básica

  • Exercer em unidade escolar a supervisão do processo didático como elemento articulador no planejamento, no acompanhamento, no controle e na avaliação das atividades pedagógicas;

  • Atuar como elemento articulador das relações interpessoais internas e externas da escola que envolvam os profissionais, os alunos e seus pais e a comunidade;

  • Planejar, executar e coordenar cursos, atividades e programas internos de capacitação profissional e treinamento em serviço;

  • Participar da elaboração do calendário escolar;

  • Participar das atividades do conselho de classe ou coordená-las;

  • Exercer atividades de apoio à docência;

Analista de Educação Básica

  • Participar do processo que envolve o planejamento, elaboração, execução e avaliação do plano de desenvolvimento pedagógico e institucional da escola;

  • Exercer outras atividades integrantes do plano de desenvolvimento pedagógico e institucional da escola.


Distribuição das vagas por Município


De acordo com o termo de referência, os candidatos aprovados no concurso público da Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais serão lotados nos seguintes municípios:

  • Almenara;

  • Araçuaí;

  • Barbacena;

  • Belo Horizonte;

  • Campo Belo;

  • Carangola;

  • Caratinga;

  • Caxambu;

  • Conselheiro Lafaiete;

  • Coronel Fabriciano;

  • Curvelo;

  • Diamantina;

  • Divinópolis;

  • Governador Valadares;

  • Guanhães;

  • Itajubá;

  • Ituiutaba;

  • Janaúba;

  • Januária;

  • Juiz de Fora;

  • Leopoldina;

  • Manhuaçu;

  • Monte Carmelo;

  • Montes Claros;

  • Muriaé;

  • Nova Era;

  • Ouro Preto;

  • Pará de Minas;

  • Paracatu;

  • Passos;

  • Patos de Minas;

  • Patrocínio;

  • Pirapora;

  • Poços de Caldas;

  • Ponte Nova;

  • Pouso Alegre;

  • São João del Rei;

  • São Sebastião do Paraíso;

  • Sete Lagoas;

  • Teófilo Otoni;

  • Ubá;

  • Uberaba;

  • Uberlândia;

  • Unaí;

  • Varginha.

Etapas do concurso


De acordo com o termo de referência, o concurso público da Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais terá três etapas. Veja quais são:

1. Prova objetiva: caráter eliminatório e classificatório;

2. Prova de redação: caráter eliminatório e classificatório;

3. Prova de títulos: caráter classificatório. Exceto para o cargo de Técnico da Educação

Veja as disciplinas que serão cobradas na prova objetiva:

  • - Língua Portuguesa (10 questões);

  • - Matemática (5 questões);

  • - Conhecimentos Específicos (20 questões);

  • - Legislação Educacional (10 questões); e

  • - Direitos Humanos (5 questões).

O documento ainda prevê provas de redação para todos os cargos, bem como avaliação de títulos, a depender da especialidade almejada.


Resumo do concurso


Situação atual do concurso: edital em breve;

Banca escolhida: a definir;

Data da prova objetiva: a definir;

Escolaridade: nível médio e superior;

Remuneração: R$ 1.623,94 a R$ 5.876,21;

Data das inscrições: a definir;

Taxa de inscrição: a definir;

Quantidade de vagas nível médio e superior: 20.008 vagas.





Comments


bottom of page