top of page

Concurso GCM Olinda-PE: Consulpam é a banca! Edital a qualquer momento!


O edital para o concurso GCM Olinda-PE está próximo!


O concurso da Guarda Civil Municipal de Olinda (GCM-PE), estado de Pernambuco, já tem organizador definido: o Instituto Consulpam (não é Consulplan).


O prefeito da cidade, Professor Lupércio, assinou a portaria que autoriza criar a comissão que vai tratar da seleção.


Segundo o site oficial da Prefeitura de Olinda, a comissão tem até 30 dias para publicar o edital.


Sendo assim, o documento deve ser anunciado já neste mês (maio de 2023).


Prova disso, é que o organizador da seleção, o Instituto Consulpam, já deixou link em destaque para anunciar as inscrições do concurso da GCM Olinda-PE. Veja:




Ao clicar no link, surge a seguinte mensagem: "Candidato, após efetuada a inscrição, informe o que se pede nos campos baixos, para ter acesso a segunda via de boleto bancário, comprovante de inscrição, cartão de identificação e informações restritas".


A Prefeitura de Olinda confirmou a oferta de 124 vagas.


Desse total, 24 serão imediatas, sendo 20 para a ampla concorrência e quatro para Pessoas com Deficiência (PCD). Veja a informação:


"Serão selecionados 20 agentes, por livre concorrência, e mais quatro para pessoas com deficiência (PCD). O salário base inicial mais as gratificações chega ao valor de, no mínimo, R$ 3,5 mil. Os outros 100 candidatos pré-selecionados ficarão com cadastro no banco de reserva pelo período de dois anos e podem ser chamados caso surjam novas vagas.", disse o município em nota!


A nota ainda esclarece que:


"A empresa que vai conduzir o processo de seleção tem, a partir de agora, até 30 dias para publicar o edital contendo o cronograma de inscrição, datas das provas e do resultado. Os novos servidores serão ligados à Secretaria de Segurança Cidadã do município", completa.


Para participar da seleção, será preciso ter o nível médio completo.


Conformo o último edital, publicado há mais de 10 anos, não há exigências de Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e de limite mínimo de altura.


Confira os detalhes do concurso:




Situação atual

O concurso da Guarda Civil Municipal de Olinda (GCM-PE), estado de Pernambuco, já tem organizador definido: o Instituto Consulpam.


O prefeito da cidade, Professor Lupércio, assinou a portaria que autoriza criar a comissão que vai tratar da seleção.


Segundo o site oficial da Prefeitura de Olinda, a comissão tem até 30 dias para publicar o edital.


Sendo assim, o documento deve ser anunciado já no mês de maio de 2023!


Remuneração


O salário base inicial mais as gratificações chega ao valor de, no mínimo, R$ 3,5 mil.


Previsão de vagas

De acordo com a Prefeitura de Olinda, serão abertas 24 vagas de provimento imediato, além de outras 100 de cadastro reserva.


Todas as oportunidades são para Guarda Municipal.


Requisitos do cargo


O candidato deverá atender, cumulativamente, para investidura no cargo, aos seguintes requisitos:

  • ser brasileiro, nato ou naturalizado, ou gozar das prerrogativas previstas no art. 12 da Constituição Federal e demais disposições de lei, no caso de estrangeiros;

  • haver concluído o ensino médio;

  • ser eleitor e estar quite com a Justiça Eleitoral;

  • estar com o CPF regularizado;

  • não ocupar cargo, emprego ou função pública, ressalvados os acumuláveis previstos no art. 37, inciso XVI da Constituição Federal.

Atribuições do cargo


  • Atuar em colaboração com os órgãos estaduais e federais, mediante solicitação, assim como atender situações excepcionais;

  • Atender a população em eventos danosos, em auxílio às operações da Defesa Civil e autoridades competentes no Município;

  • Atuar na vigilância, preservação e defesa, diurna e noturna dos logradouros públicos do Município, do bem estar social, da ordem pública, sob o regime de policiamento preventivo em geral dentro dos limites da competência Municipal;

  • Desempenhar atividades de anotação e comunicação das ocorrências;

  • Fiscalizar a troca de turnos e assinaturas dos livros de freqüência;

  • Controlar a entrada de pessoas sem identificação, nas dependências dos prédios públicos sob sua responsabilidade;

  • Controlar a entrada e/ou saída de materiais, instrumentos e equipamentos nos prédios públicos sob a sua responsabilidade;

  • Comunicar às autoridades competentes quaisquer irregularidades, tais como roubos e depredações do patrimônio público;

  • Executar os serviços do monitoramento de segurança e prevenção nos programas e atividades desenvolvidas pelas forças de Segurança Pública nas esferas Estadual e Federal no âmbito do Município;

  • Ingressar no posto na hora que lhe for determinada, permanecendo atento e diligente, dele só de afastando por ocasião de apresentação de seu substituto e, na falta deste, no termino de seu horário de serviço, após comunicação ao superior hierárquico.


Etapas e provas


De acordo com o último edital, o concurso contou com as seguintes fases, conforme a seguir:


  • prova objetiva;

  • exame de saúde;

  • Teste de Aptidão Física (TAF); e

  • avaliação psicológica.


A prova objetiva contou com questões de Português, História do Brasil e Geral, Geografia Física, Humana e Econômica, Noções de Direitos Humanos e Legislação, conforme a seguir:


  • Língua Portuguesa: 10 questões

  • Conhecimentos Específicos: 40 questões


Foi considerado reprovado e consequentemente afastado das etapas seguintes do Concurso, o candidato que, na Prova Objetiva de Conhecimentos, não obteve um mínimo de 50 (cinquenta) pontos, ou não alcançar, em cada um dos seus componentes, um mínimo de 20% (vinte por cento) de acertos.


Último concurso


A seleção de 2011 contou com 344 vagas em vários cargos.


Para o posto de GCM, foram oferecidas 65 vagas, com exigência de nível médio completo.


O salário oferecido era de acordo com o mínimo da época (R$529,61 mais adicional de R$ 211,84), para jornada de 30 horas.


A seleção foi organizada pelo Instituto de Apoio à Universidade de Pernambuco (Iaupe).


Resumo do concurso


  • Situação atual: banca anunciada!

  • Banca: a definir

  • Escolaridade: Nível médio;

  • Teste de aptidão física (TAF): Sim;

  • Remuneração: R$ 3,5 mil;

  • Quantidade de vagas: 124

  • Último edital: clique aqui.

  • Site do organizador do concurso: clique aqui.



Comments


bottom of page