top of page

Concurso DPE-MG: prova anulada! Confira!



A Defensoria Pública de Minas Gerais (DPE-MG) publicou, em seu diário oficial, a anulação da prova de analista de psicologia do seu concurso.


Segundo comunicado emitido pela DPE-MG, a prova foi anulada por conta de “fatos operacionais e logísticos” ocorridos durante a aplicação das provas, que é de responsabilidade da Fundep.


Veja trecho da nota:


“Em respeito às candidatas e aos candidatos, à lisura e ao bom andamento do certame e ao princípio da isonomia, DELIBEROU pela anulação das provas objetivas de múltipla escolha e de redação (todos os cadernos de provas – A, B, C e D), realizadas em 15/10/2023, exclusivamente, para o cargo de Analista Psicólogo".


De acordo com a Fundep, mais de um mil candidatos fizeram a prova para o cargo de Psicólogo.


A Defensoria ainda esclarece que a nova data para a realização das provas ainda serão divulgadas.


Eventuais ressarcimentos nos valores pagos das inscrições também serão realizados, caso o candidato não tenha interesse em realizar a prova novamente.


Para os demais cargos do concurso, o processo de seleção ocorre normalmente e, até, a publicação deste Blog, não existe nenhuma alteração quanto ao cronograma de atividades para as demais carreiras do certame.


O concurso


A DPE-MG oferece 85 vagas distribuídas entre os cargos de Técnico da Defensoria e Analista da Defensoria.


A exigência é possuir nível médio de escolaridade para o cargo de técnico e superior para analista


Os salários iniciais variam de R$ 2.934,34 a R$ 5.294,58.


A banca organizadora é a Fundeb.


Confira os detalhes do concurso:





Situação atual


A Defensoria Pública de Minas Gerais (DPE-MG) publicou, em seu diário oficial, a anulação da prova de analista de psicologia.


Segundo comunicado emitido pela DPE-MG, a prova foi anulada por conta de “fatos operacionais e logísticos” ocorridos durante a aplicação do exame, que é de responsabilidade da Fundep.


Remuneração


Os salários iniciais variam de R$ 2.934,34 a R$ 5.294,58.


Além disso, os servidores contam com auxílio alimentação de R$ 1.978,00 (hum mil novecentos e setenta e oito reais).


Das vagas


A divisão das vagas será a seguinte:


  • 50 vagas para técnico; e

  • 35 para analista, a depender da especialidade escolhida.


Requisitos do cargo


Técnico: Nível médio;

Analista: Nível superior, poderão ser exigidos formação especializada e registro profissional.


Atribuições dos cargos


Analista da Defensoria Pública (Nível Superior)


Desempenhar funções auxiliares necessárias ao cumprimento das finalidades institucionais da Defensoria Pública e à gestão administrativa, financeira, orçamentária e de pessoal, como o exercício de atividades nas áreas de psicologia, medicina, assistência social, pedagogia, agrimensura, contabilidade, jurídica, estatística, planejamento, recursos humanos, logística, licitações, patrimônio e almoxarifado, engenharia, infraestrutura, informática, marketing, comunicação, eventos, dentre outras, desde que compatíveis com o seu grau de escolaridade.


Técnico da Defensoria Pública (Nível Médio)


Realizar atividades que envolvam o suporte técnico e administrativo, documentação, informação jurídica, gestão de material e patrimônio, levantamento de dados, a elaboração de relatórios, expedição e arquivamento de documentos e correspondências, atendimento ao público interno e externo, transporte de documentos e processos, a realização de trabalhos que exijam conhecimentos básicos e/ou específicos de informática e outras atividades de mesma natureza e grau de complexidade que venham a ser determinadas pela autoridade superior.


Etapas e provas


As provas objetivas serão aplicadas no dia 15 de outubro de 2023, em Belo Horizonte – MG.


As disciplinas cobradas para cada um dos cargos são as seguintes:


Técnico da Defensoria Pública


LÍNGUA PORTUGUESA – 13 questões;

INFORMÁTICA – 07 questões;

NOÇÕES DE DIREITO – 10 questões; e

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS – 40 questões


Analista da Defensoria Pública (Assistente Social, Administrador, Contador, Psicólogo)


LÍNGUA PORTUGUESA – 15 questões;

NOÇÕES DE GESTÃO PÚBLICA E ÉTICA – 10 questões;

NOÇÕES DE DIREITO – 10 questões; e

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS – 45 questões


Analista da Defensoria Pública (Jurídico)


LÍNGUA PORTUGUESA – 20 questões

NOÇÕES DE GESTÃO PÚBLICA E ÉTICA – 15 questões

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS – 45 questões


Prova Objetiva de Múltipla Escolha


  • Analista: 80 (oitenta) questões;

  • Técnico: 70 (setenta) questões.


Prova Discursiva: serão aplicadas no mesmo dia das provas objetivas somente para Analista.


Resumo do concurso


  • Situação atual: gabarito publicado!

  • Banca organizadora: Fundep

  • Cargos: Técnico e Analista

  • Escolaridade: médio e superior

  • Vagas: 85

  • Inscrições: 22 de agosto a 20 de setembro de 2023, nos valores de R$58,68 a R$ 105,89.

  • Data da prova: 15 de outubro de 2023.

  • Remuneração: R$ 2.934,34 a R$ 5.294,58.

  • Edital, clique aqui.

  • Gabaritos, clique aqui!





コメント


bottom of page