top of page

Concurso DPE-MG: comissões em pauta! Confira!


Sessão Ordinária foi realizada para tratar do Concurso DPE-MG


A Defensoria Pública de Minas Gerais (DPE-MG) está próxima de anunciar as demais comissões organizadoras de seu próximo concurso público.


Na última sexta-feira, 5, o Conselho Superior da Defensoria Pública se reuniu em Sessão Ordinária para tratar, entre outras pautas, da composição das demais comissões para seu próximo concurso.


Ao todo, um concurso para defensor público em Minas Gerais pode ter até quatro comissões distintas: Comissão Organizadora, Comissão Examinadora, Comissão de Avaliação de Títulos e Comissão de Prova Oral.


Ainda não foram divulgadas informações sobre as definições ocorridas na sessão.


Importante ressaltar que o regulamento do concurso foi publicado em agosto de 2022 e trouxe detalhes do novo certame.


De acordo com o documento, serão ofertadas 315 vagas para Técnico e Analista da Defensoria, de níveis médio e superior de escolaridade, respectivamente.


A Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa (Fundep) será a banca organizadora do próximo concurso para a Defensoria Pública de Minas Gerais (DPE-MG).


Os candidatos serão avaliados por meio de provas objetiva, discursiva e de título.


A divisão das vagas será a seguinte:


  • 233 cargos vagos de técnico

  • 82 cargos vagos de analista


As remunerações são atrativas. Veja:


  • Técnico: 30 horas semanais: Inicial de R$2.300,00 a R$9.486,35 (ao final da carreira);

  • Técnico: 40 horas semanais: Inicial de R$1725,00 a R$7.114,77 (ao final da carreira);

  • Analista: 30 horas semanais: Inicial de R$4.150,00 a R$17.116,68 (ao final da carreira);

  • Analista: 40 horas semanais: Inicial de R$3.112,50 a R$12.837,51 (ao final da carreira).


A seleção para o quadro administrativo está em estudos desde 2020.


Confira os detalhes do concurso:





Situação atual


A comissão organizadora já foi formada em janeiro de 2023.


Na última sexta-feira, 5, o Conselho Superior da Defensoria Pública se reuniu em Sessão Ordinária para tratar, entre outras pautas, da composição das comissões para seu próximo concurso.


Em 14 de abril, o extrato de contrato com a banca organizadora foi divulgado!


O próximo passo será a publicação do edital de abertura.


Remuneração


O regulamento do concurso DPE-MG afirma que a remuneração ofertada terá como base a Lei nº 22.790, de 27 de dezembro de 2017.


Desta maneira, as remunerações podem varias a depender da carga horária de cada cargo.


  • Técnico: 30 horas semanais: Inicial de R$2.300,00 a R$9.486,35 ao final da carreira;

  • Técnico: 40 horas semanais: Inicial de R$1725,00 a R$7.114,77 ao final da carreira;

  • Analista: 30 horas semanais: Inicial de R$4.150,00 a R$17.116,68 ao final da carreira;

  • Analista: 40 horas semanais: Inicial de R$3112,50 a R$12.837,51 ao final da carreira.


Previsão de vagas


Serão ofertadas 315 vagas para Técnico e Analista da Defensoria, de níveis médio e superior de escolaridade.


Requisitos do cargo


Técnico: Nível médio;

Analista: Nível superior, poderão ser exigidos formação especializada e registro profissional.


Atribuições dos cargos


Analista da Defensoria Pública (Nível Superior)


Desempenhar funções auxiliares necessárias ao cumprimento das finalidades institucionais da Defensoria Pública e à gestão administrativa, financeira, orçamentária e de pessoal, como o exercício de atividades nas áreas de psicologia, medicina, assistência social, pedagogia, agrimensura, contabilidade, jurídica, estatística, planejamento, recursos humanos, logística, licitações, patrimônio e almoxarifado, engenharia, infraestrutura, informática, marketing, comunicação, eventos, dentre outras, desde que compatíveis com o seu grau de escolaridade.


Técnico da Defensoria Pública (Nível Médio)


Realizar atividades que envolvam o suporte técnico e administrativo, documentação, informação jurídica, gestão de material e patrimônio, levantamento de dados, a elaboração de relatórios, expedição e arquivamento de documentos e correspondências, atendimento ao público interno e externo, transporte de documentos e processos, a realização de trabalhos que exijam conhecimentos básicos e/ou específicos de informática e outras atividades de mesma natureza e grau de complexidade que venham a ser determinadas pela autoridade superior.


Etapas e provas


Prova Objetiva de Múltipla Escolha

  • Analista: 80 (oitenta) questões;

  • Técnico: 70 (setenta) questões.


Prova Discursiva: somente para Analista.


Resumo do concurso


  • Situação atual: banca definida!

  • Banca organizadora: Fundep

  • Cargos: Técnico e Analista

  • Escolaridade: médio e superior

  • Vagas: 315

  • Remuneração: de R$2.300,00 a R$4.150,00

  • Regulamento DPE-MG: clique abaixo:


dpe-mg-regulamento - bravo-concursos
.pdf
Download PDF • 1.05MB










Commentaires


bottom of page